Frete grátis para compras acima de R$450

Para que serve o alecrim: Conheça sua origem e usos

Bruno Arouca • 04 de Dezembro de 2020 • ##Ervas e Temperos

Com certeza você já deve ter comido alguma coisa com essa plantinha, geralmente utilizamos como tempero ou também como chá, mas você sabe os benefícios do dele?

Vem com a gente conhecer um pouco mais dessa plantinha que faz muito bem a saúde, podendo ser usada de diversas formas e saber mais sobre para que serve o alecrim.

A origem do Alecrim


Em resumo, o alecrim, é uma erva aromática que tem a sua origem na região do Mediterrâneo, ao qual os romanos chamavam de rosmarinus, que em latim significa orvalho do mar, devido ao seu perfume característico.

Chegou ao Brasil na época da colonização e recebeu diversos nomes populares como: rosmarinho, rosmaninho, alecrim comum, alecrim de cheiro, alecrim de jardim e alecrim de horta. E ficou conhecida pelo nome científico de Rosmarinus officinalis.

Para que serve o alecrim?


Então para que serve o alecrim no final das contas? A erva possui muitos benefícios para melhorar a saúde, além de ser uma plantinha que deixa as receitas deliciosas, devido ao seu sabor acentuado e um óleo essencial conhecido.

Serve para melhorar inflamações, dores musculares, tem forte ação antioxidante e é um grande aliado para o emagrecimento. Além disso, ajuda na digestão e a reduzir gases, incrível né?

É conhecido por possuir vitamina A, que é ótima para olhos e para a pele, além de ter propriedades anti inflamatórias. Também tem vitamina C e K, assim como B1 e B2, trazendo benefícios para a pele, cabelo, ajudando na coagulação e no metabolismo de glicose. Ah e ele também ajuda no funcionamento cerebral, melhora a memória e fortalecer o sistema imunológico.

Assim como todos os temperos, é melhor ser consumido com moderação, pois em excesso o alecrim pode causar náuseas e vômitos, então, não vamos exagerar, por mais que ele seja delicioso.

 

Alecrim

 

A melhor maneira de usar o alecrim!


O chá de alecrim é uma ótima opção para ser tomado depois das refeições, para melhorar a digestão e também como diurético natural, então fica aqui a dica de ter sempre esse plantinha por perto!


Pode ser usado para preparar pratos deliciosos, como uma abóbora com alecrim, um frango assado, uma mistura de ervas, um salmão ao molho de alecrim, entre muitas outras que já estão dando água na boca. Não vamos esquecer também do drink de Gin Tônica com alecrim, que é facinho de fazer.

Vale ressaltar que tem uma diferença que muitos não sabem, mas o alecrim desidratado que geralmente compramos no mercado em saquinho não tem tantos nutrientes como o alecrim fresco.

Claro que nos ajuda na hora que precisamos fazer uma receitinha de última hora, mas nada como ter um pezinho de alecrim fresquinho para fazer chás e receitas deliciosas em casa, e nisso a Brota pode ajudar.

Por fim, depois de falar sobre todas essas delícias, não podíamos deixar de compartilhar aqui com vocês uma receita conhecidíssima, mas deliciosa e bem fácil de fazer.

Batata Rústica Assada com Ervas (receita site Panelinha)

INGREDIENTES

  • 3 batatas
  • 3 ramos de alecrim
  • 4 ramos de tomilho
  • 10 folhas de sálvia
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 5 dentes de alho com casca
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

MODO DE PREPARO

  1. Preaqueça o forno a 200 °C (temperatura média). Lave e seque bem as batatas e as ervas. 
  2. Numa tábua, corte as batatas em gomos: sempre no sentido do comprimento, vá cortando em metades até formar gomos na espessura que desejar. No Panelinha, gostamos deles mais gordinhos. 
  3. Transfira os gomos para uma panela, cubra com água e tempere com uma colher (chá) de sal (comum ou grosso). Leve ao fogo alto e, quando água começar a ferver, deixe cozinhar por 6 minutos. 
  4. Retire do fogo, passe as batatas para uma peneira e deixe por alguns minutos para escorrer bem a água - esse é um dos segredos para deixar crocante os legumes assados. 
  5. Transfira para uma assadeira (de preferência antiaderente), junte as ervas, os dentes de alho com casca e regue com o azeite. Misture bem para envolver as batatas e ervas com o azeite. Espalhe os gomos na assadeira, sem encostar ou sobrepor - quanto mais espaço entre eles mais crocantes e dourados ficam. 
  6. Tempere com sal grosso e pimenta-do-reino moída na hora. Leve ao forno preaquecido para assar por cerca de 40 minutos. Chacoalhe a assadeira de tempos em tempos ou, na metade do tempo, vire os pedaços com uma pinça. 
  7. Retire do forno e, com ajuda de uma espátula, solte as batatas da assadeira. Sirva imediatamente.